Estratégias que mudaram o mundo das negociações: caos comercial por Bill Williams (parte 1)

Estratégias de negociação que foram uma revolução: o caos comercial de Bill Williams (parte 1)

Visualizações: visualizações 380
Tempo de leitura: 6 minutos



Bem-vindo ao nosso blog! Este post inicia a série de publicações dedicadas às teorias, estratégias e métodos que mudaram a evolução das negociações nos mercados financeiros.

Se não mudarmos a direção, provavelmente voltaremos ao local de onde começamos.

Ditado chinês

Essas palavras foram um prefácio ao livro de Bill Williams "Caos comercial: maximize os lucros com técnicas técnicas comprovadas"publicado em 1995. Para muitos traders, a publicação deste livro foi o momento de mudar o antigo paradigma de negociação, compreensão e interpretação do mercado, a compreensão do lugar do trader no mercado e o comportamento correto da negociação.

O livro foi um presente para aqueles que decidiram se tornar a nata do mundo comercial, independentemente de seus fracassos e sucessos anteriores.

O autor Bill Williams explicou sua Teoria do Caos - um novo visual no mercado. Um olhar não sobre uma errância aleatória de preços e opiniões, mas sobre uma ordem altamente organizada.

Algum tempo depois, o sistema recebeu o nome Sistema de lucro. A abordagem permitirá livrar-se da pressão psicológica sobre o profissional, da tensão, da morte de células neurais e do esgotamento da conta. Compreendendo o mercado, o comerciante pode controlar suas emoções e ações e a situação em sua conta de negociação.

Quem é Bill Williams?

Quem é Bill Williams?

Em diferentes fontes, você pode achar que Bill Williams nasceu em 1928 ou 1932 em uma família americana comum. Na escola, ele era um garoto quieto e calmo, embora usasse teorias e tentasse prová-las. Depois da escola, os pais queriam que ele aprendesse na faculdade da Igreja e depois se tornasse padre, mas o rapaz escolheu a universidade, onde conheceu seu amigo e colega de profissão chamado Rodgers. Ele familiarizou o jovem com o comércio e a troca. Desde o primeiro ano da universidade, Rodgers trabalhou em uma das bolsas de Nova York, obtendo um lucro substancial. Todos os dias, seus amigos discutiam a situação no mercado financeiro mundial, e Bill ficava mais fascinado com a ideia de se tornar um profissional bem-sucedido.

Após a formatura, Bill e sua namorada se casam e partem para outra cidade. Ele continua trabalhando na bolsa, levando suas habilidades à perfeição. Mas nem a literatura de negócios nem outras habilidades comerciais o ajudaram a atingir o nível de renda desejado. Logo, ele começou a investir mais do que o ganho na venda de ações, e a situação financeira da família piorou. Em um determinado momento, ele queria parar de negociar, mas sua esposa insistiu em que ele tomasse o negócio em suas mãos e pensasse em seu próprio cérebro.

Passo a passo, Williams começa a criar seu próprio método de análise e negociação, com base em sua própria experiência, conhecimento, cálculos matemáticos e intuição. Sua carreira começa a se desenvolver abruptamente. Williams escreve um Ph.D. nas bolsas de valores. Em 1995, ele decide publicar o livro "Trading Chaos". No livro, ele fala sobre sua própria teoria, segundo a qual o mercado é um caos altamente organizado, e para obter lucro, você não precisa apenas explicar vários tipos de análise, mas também entender a própria estrutura do mercado. A estratégia de Bill Williams se tornou um best-seller e uma bomba informativa que trouxe muitos fãs à Williams em todo o mundo.

Mais tarde, o mundo viu "Trading Chaos 2". Após o grande sucesso de seus livros, ele se torna consultor oficial de vários bancos e fundos de hedge americanos. Além disso, ele fundou o Profitunity Trading Group que ainda está ensinando e consultando traders iniciantes.

"Caos comercial". Primeira edição

"Caos comercial". Primeira edição

No primeiro livro, desde o início, Williams faz com que o cérebro de comerciantes iniciantes e experientes colidam com a realidade do mercado. Além disso, segundo ele, a realidade é que a maioria dos traders tratou o mercado como um problema. Em outras palavras, foi dada atenção à interpretação incorreta da relação entre o mercado e um profissional. A própria essência dos problemas estava na psicologia do profissional.

Mesmo quando a tecnologia progressiva entrou no mercado, a aparência de computadores, indicadores e o perfil do mercado não desapareceram, apenas mudaram de forma e passaram para instrumentos adicionais.

Na maioria das vezes, o comércio era interpretado como uma ciência pseudo-intelectual, ou um jogo intelectual pseudo-científico, no qual o lucro estava diretamente conectado ao intelecto do profissional. No entanto, na realidade, negociar é tudo menos um esforço intelectual. O conhecimento não é a única maneira de negociar com sucesso. O que também desempenha um papel importante são as condições de saúde, especialmente o estômago ou o coração. A coincidência intuitiva e harmonizada dos interesses do profissional e do mercado trará mais lucro do que as teorias pseudo-científicas e de alto nível. O livro encabeçou o trader pelo senso comum e pela visão correta sobre a negociação.

Negociar não deve ser difícil, mas lucrativo.

Bill Williams

Ele disse para se libertar das redes de eloqüência e, por trás delas, você encontrará algumas verdades de todos os tempos que tornarão sua negociação bastante fácil. O problema com as verdades é que elas não são sentimentais nem românticas. A verdade é realidade, pragmatismo e inteligência. Williams disse aos traders que aprendessem a ser independentes nas negociações.

A estrutura do livro que você deve estudar

A primeira parte do livro descreve as razões pelas quais 90% dos comerciantes falham.

O segundo capítulo descreve a simplicidade da estrutura do mercado e suas funções. Cada mercado do mundo destina-se a racionar ou distribuir uma quantidade limitada de um certo bem entre aqueles que o desejam. A cada segundo, no mercado, é estabelecido o preço justo e um equilíbrio absoluto entre compradores e vendedores. O mercado é o primeiro a sentir a brecha na balança, e devemos pegar o momento e seguir em frente com o mercado.

No terceiro capítulo, há uma descrição detalhada da lógica da teoria do caos como modelo da mais alta organização de mercado. É explicado por que é errado usar a lógica das estatísticas lineares no ambiente de mercado não linear.

O quarto capítulo descreve a chave para o comportamento correto no mercado, bem como sua estrutura principal e invisível que explica o comportamento do profissional. Aqui, sabemos que, como um rio, o mercado se move ao longo do caminho de menor resistência, e o caminho, por sua vez, é definido pela forma do leito do rio. E também, um dos principais erros do trader foi mencionado: isso está tentando mudar o mercado, não a direção da posição.

Cinco etapas da evolução do trader

Cinco etapas da evolução do trader

A partir do quinto capítulo, Williams sugere mapas de evolução para o desenvolvimento de qualquer profissional, de iniciante a especialista, e uma lista de instrumentos para uso em cada nível de preparação. Aqui, os requisitos para o comerciante iniciante são enumerados. Seu objetivo e habilidades estão focados em tentar não perder dinheiro, ganhando experiência. Os instrumentos de um trader iniciante são: níveis diários de preços, volume, IMF, janelas de lucro e airbag.

Em seguida, Williams especifica os requisitos para um iniciante avançado. O objetivo desse profissional é obter lucro regular em um contrato. Os instrumentos são: ondas Elliott, fractais.

No terceiro nível, o profissional torna-se competente. Nesta etapa, eles devem maximizar o lucro de cada investimento. Os instrumentos aqui são: o Profitunity Trading Partner e Profitunity Trade Planning. No terceiro nível, você ganha a capacidade de fazer uma avaliação instantânea e exata de cada mercado.

O quarto nível, comparado aos anteriores, pode ser chamado de salto quântico. Nesse nível, o profissional passa a hábil. O objetivo é negociar não um bem ou o preço, mas seu próprio conjunto de crenças. Os instrumentos são: o lado esquerdo do cérebro, coração, lado direito do cérebro (telégrafo cerebral).

No quinto nível, uma pessoa chega ao reino do caos, tornando-se um especialista. O objetivo é trocar o estado de espírito. Os instrumentos são seus próprios estados de espírito (software biológico). Nesse nível, percebemos que nossa principal tarefa é descobrir quem somos. Nesse nível, o comércio se torna um jogo sem estresse no melhor sentido da palavra. O que poderíamos chamar de coincidência, os três primeiros níveis, é de fato o resultado de nossa compreensão insuficiente da essência das coisas. O profissional sente que flutua ao longo do rio, realizando todos os seus desejos.

Em vez de um resumo

Na próxima parte, conheceremos como tornar um profissional uma pessoa comum. Discutiremos como se tornar um profissional iniciante, como avançar para um iniciante avançado e ainda mais. Mas não é isso. Planejamos discutir a segunda edição do "Trading Chaos", na qual Williams descreve os elementos táticos de um sistema de negociação, todos os indicadores e seu sistema de gerenciamento de dinheiro. Fique atento para não perder tudo.

Vejo vocês em breve!

Abrir conta de negociação




Comentários

artigo anterior

Como Ganhar Dinheiro no Desenvolvimento do 5G?

As redes 5G são o próximo marco no desenvolvimento do segmento de telecomunicações. As ações de empresas que prestam serviços nesse mercado têm pré-requisitos sólidos para o crescimento.

Próximo artigo

Como o indicador Fractals funciona: Descrição, configurações

O indicador Fractais mostra níveis bem importantes nas tabelas de preços, que o profissional pode usar para negociar breakouts ou colocar SLs.