A primeira semana de novembro pode ser a mais emocionante deste ano, além do pânico de março. O evento principal são as eleições presidenciais nos EUA que vão criar um ambiente emocional para toda a semana. Também haverá estatísticas, mas agora, sua influência será um tanto limitada.

Eleições presidenciais nos EUA: o clima da semana

Eleições presidenciais nos EUA: o clima da semana

Na terça-feira, 3 de novembro, os EUA realizarão eleições presidenciais. Existem dois candidatos principais: Donald Trump e Joseph Biden; em qualquer um dos dois casos, a economia e a situação política dos Estados Unidos estarão cheias de riscos. Ninguém sabe como a corrida eleitoral vai terminar; ninguém sabe o que esperar. O dólar está forte atualmente graças à alta demanda por ativos portos-seguros; mas logo após o resultado da votação ser conhecido, a volatilidade pode aumentar. Isso pode significar um fortalecimento adicional.

EUR: fraco devido ao bloqueio

EUR: fraco devido ao bloqueio

Na segunda-feira, a Alemanha e a França implementarão o regime do chamado lock-down “suave”. As medidas de restrição visam aliviar o setor da saúde e dificultar a disseminação do coronavírus; no entanto, os investidores estão seriamente preocupados que, ao mesmo tempo, prejudiquem ainda mais a economia. O EUR permanece na zona de risco devido à influência deste catalisador.

Reunião do Fed: mercados anseiam por sinais

Reunião do Fed: mercados anseiam por sinais

A reunião de novembro do Fed dos Estados Unidos desta semana não deve trazer surpresas: a taxa de juros permanecerá dentro da meta de 0-0.25%, enquanto os comentários do chefe do sistema, Jerome Powell, podem acabar sendo super suaves. No entanto, os investidores estão extremamente interessados ​​nas perspectivas de um maior abrandamento do crédito e da política monetária: qualquer sugestão sobre isso deixará o dólar sem sustentação.

Os EUA novamente: as estatísticas de emprego

Os EUA novamente: as estatísticas de emprego

Os EUA estão dominando o mercado esta semana, e não há como evitar. Muitas estatísticas estão previstas no calendário macroeconômico, porém, toda a atenção será voltada para o bloco de relatórios sobre o emprego em outubro. O mercado de trabalho dos EUA poderia ter atingido algum tipo de platô e a falta de melhorias será avaliada como um sinal negativo. Isso pode se tornar um problema para a taxa do dólar americano.

AUD: RBA vai atrapalhar mercado

AUD: RBA vai atrapalhar mercado

O Banco da Reserva da Austrália planeja sua reunião para a próxima semana também. Muito provavelmente, a taxa de juros cairá de 0.10% ao ano para 0.25% ao ano - tem havido muitas dicas sobre isso. A redução na taxa de juros derrubará o AUD, no entanto, ele já está baixando.


O material é preparado por

Um trader de Forex com mais de 10 anos de experiência em bancos de investimento líderes. Ela dá sua visão ponderada dos mercados por meio de artigos analíticos, regularmente publicados pela RoboForex e outras fontes financeiras populares.