A última semana de maio será dinâmica e brilhante: o mercado estará focado em estatísticas americanas, reuniões de bancos centrais e muitos discursos de políticos monetários e fiscais.